Cansada de ataques, mulher de Sérgio Moro dar adeus ao Facebook

0
198

Em postagem feita nesta quinta-feira (30), a advogada Rosângela Wolff Moro anunciou o fim da página “Eu MORO com ele”, que mantinha no Facebook com a colaboração da amiga Cláudia Vasconcelos Pires.

O nome da página, que possuía mais de 847 mil seguidores, é uma alusão ao nome do marido de Rosângela, o juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal.

Alguns sites ligados ao PT estão insinuando que a decisão da mulher de Moro aconteceu logo após o depoimento do advogado Rodrigo Tacla Duran à CPI da JBS, nesta quinta-feira (30). O ex-advogado da Odebrecht revelou ter mantido com o advogado Carlos Zicolotto, amigo de Sérgio Moro e sócio de Rosângela num escritório de advocacia, negociação de pagamentos “por fora” para amenizar um acordo de delação premiada.

A página mantida por Rosângela e a amiga já vinha sofrendo ataques de pessoas contrárias às investigações da Lava Jato. Pessoas próximas à advogada e ao juiz dizem que o casal estava cansado das baixarias publicadas nos comentários da página.

Rosângela (centro) grava vídeo de despedia e agradece à amiga Cláudia Pires (Reprodução/Facebook)

 

Confira a nota de despedida postada por Rosângela Moro:

“É chegada a hora da despedida. EuMoroComEle vai sair da rede. A página cumpriu seu papel. Ela foi criada para agradecer cada manifestação de apoio recebida e assim, eu e a Cláudia Vasconcelos Pires, administradoras da página, tentamos fazer.

Mas antes, precisamos lembrar que:

1. O apoio de todos foi fundamental pelos momentos difíceis,

2. Meus dias de clausura ficaram amenos porque estive muito bem acompanhada por cada um de vocês,

3. Todas, absolutamente todas as lembranças recebidas serão eternamente guardadas;

4. A corrupção destrói nosso país,

5. A justiça é para todos;

6. O Brasil precisa de instituições fortes,

7. O parlamento precisa se mostrar efetivamente contrário à corrupção;

8. A lei não pode ser alterada para resultar em Impunidade,

9. Vote consciente! Seu voto pode mudar muito, muito mais que a Lava Jato!

E, finalmente, 10. Vamos fazer uma retrospectiva com os nossos melhores momentos.

OBRIGADA! OBRIGADA! OBRIGADA!”

PUBLICIDADE